CIGANA DANÇARINA

CIGANA  DANÇARINA

C O N V I T E

Se você está aberto a sugestões, tenho 2 convites a te fazer - visite os links abaixo:



1 - CEIÇA DA HUMANIDADE & ANJOS

(Esoterismo e Terapias Alternativas)

http://ceicadahumanidade.blogspot.com/




2 - ORAÇÕES & INVOCAÇÕES da CEIÇA

http://oracoeseinvocacoescelestiais.blogspot.com



Espero que os textos sejam do teu agrado.

Volte sempre que o possível te permitir.



Optchá


CEIÇA CIGANINHA

DANÇA do VENTRE (RENATA LOBO)

DANÇA do VENTRE (SHAKIRA)

MEUS VISITANTES

CIGANINHAS

CIGANA EM MOVIMENTO

CIGANA EM MOVIMENTO
.

Seguidores

sexta-feira, 28 de maio de 2010

8 - CIGANA SULAMITA

CIGANA SULAMITA

Adora trabalhar só com frutas e com folhas dos pés das mesmas frutas.
Faz sua magia com folhas de maçã, para o amor, folhas de pêra, para a saúde;
folhas de uva, para união; folhas e flores de mamão, para afastamentos;
umbigo de banana, para feitiços; folhas de fruta-do-conde, para aproximação;
folhas de laranja, para acalmar fúrias; folhas de caqui, para tirar o mal.
Ela gosta de trabalhar com a floresta, jogando nela as folhas secas,

conforme o problema de cada um.

Sua pedra preferida é o quartzo-citrino, amarelo-ouro.
Ela faz uma amarração para o casamento colocando um pedaço

desse cristal em cima de cada uma das folhas de maçã, fruta-de-conde, e uva verde com que trabalha; depois joga por cima flores de laranjeira.
Ela afirma que o casamento sai antes de três Luas cheias.
SULAMITA, que Bel-Karrano ilumine muito seu espírito,

para que você possa ajudar que precisa de sua ajuda.

Texto extraído do livro:
Mistérios do Povo Cigano Autoras:
Ana da Cigana Natasha e
Edileuza da Cigana Nazira
Editora: Pallas

__________

Optchá
CEIÇA CIGANINHA

Taróloga


7 - ALEGRES CIGANAS (Vídeo)

segunda-feira, 24 de maio de 2010

5 - ORIGEM CIGANA


A ORIGEM
A origem indiana dos ciganos é hoje admitida por todos os estudiosos. População indo-européia, mais especialmente indo-iraniana: não há dúvidas quanto ao que diz respeito à língua e à cultura. Os indianistas modernos, no entanto, têm tendência a não considerá-lo um grupo homogêneo, mas um povo viajante muito antigo, composto de elementos diversos, alguns dos quais poderiam vir do sudeste da Índia. A maior parte dos indianistas, porém, fixa a pátria dos ciganos no noroeste da Índia. A maioria, igualmente, os ligam à casta dos párias. Isso em parte por causa de seu aspecto miserável, que não se deve a séculos de perseguição, pois foi descrito bem antes da era das perseguições. Também por causa dos empregos subalternos e das profissões geralmente desprezadas na Índia contemporânea pelos indianos que lhes parecem estreitamente aparentados. Um dos nomes mais freqüentemente dados aos ciganos era o de Egypcios. Por que esse nome, por que os títulos de duque ou conde do Pequeno Egito adotados com freqüência pelos chefes ciganos? Uma crônica de Constâncio menciona os "Ziginer", que visitam, em 1438, a cidade de uma ilha "não distante do Pequeno Egito". Um dos principais centros na costa do Peloponeso encontrava-se ao pé do monte Gype, conhecido pelo nome de Pequeno Egito. Pode-se perguntar por que o local era chamado de Pequeno Egito. Não seria justamente por causa da presença dos Egypcios? O certo é que não pode se tratar do Egito africano. O itinerário das primeiras migrações ciganas não passa pela África do Norte. O geógrafo Bellon, ao visitar o vale do Nilo no século XVI, encontra, diz ele, pessoas designadas de Egypcios na Europa, pessoas que no próprio Egito eram consideradas estrangeiras e recém-chegadas. Nenhum argumento histórico ou lingüístico permite confirmar a hipótese de algum êxodo dos ciganos do Egito, ao longo da costa africana para ganhar, pelo sul, a península ibérica. Ao contrário, os ciganos chegaram à Espanha pelo norte, depois de terem atravessado toda a Europa. O cigano designa a si próprio como Rom, pelo menos na Europa (Lom, na Armênia; Dom, na Pérsia; Dom ou Dum, Síria) ou então como Manuche. Todos esses vocábulos são de origem indiana (manuche, ou manus, deriva diretamente do sânscrito) e significam "homem", principalmente homem livre. "Rom" e "Manuche" se aplicam a dois dos principais grupos ciganos da Europa Ocidental. Uma designação logrou êxito, a de uma antiga seita herética vinda da Ásia Menor à Grécia, os Tsinganos, dos quais subsistia - quando da chegada dos ciganos à terra bizantina - a fama de mágicos e adivinhos. Os gregos diziam Gyphtoï ou Aigyptiaki; os albaneses, Evgité. Depois que partiram das terra gregas, ficou-lhes esse nome, sob diversas formas. O nome Égyptien era de uso corrente na França do séc. XV ao XVII. Em espanhol, Egiptanos, Egitanos, posteriormente Gitanos (de onde surgiu Gitans em francês); às vezes em português Egypcios; em inglês Egypcians ou Egypcions, Egypsies, posteriormente Gypsies; em neerlandês, Egyptenaren, Gipten ou Jippenessen.

FONTE: Guardiões da Luz



HISTÓRIA DOS CIGANOS Gypsies, gitanos, zíngaros, ciganos... Há poucos registos sobre a origem dos ciganos, que permanece um mistério. O que hoje se sabe, graças a indícios nos vários dialetos do seu idioma – o romani – é que vieram do norte da Índia para o Médio oriente há cerca de mil anos. Trabalhavam como menestréis e mercenários, ferreiros e artistas, damas de companhia e aios. Acreditando que os ciganos vinham do Egito, os ingleses chamaram-nos de "gypsies". Porém, os ciganos chamam a si próprios "rom", que significa "homem" no seu idioma. Distribuíram-se por várias zonas da Europa, mas as razões históricas que levaram ao seu nomadismo devem-se essencialmente à sua difícil integração social. Devido ao tom escuro da sua pele, eram vistos nas terras onde chegavam pelos gadje (estrangeiros em romani) como malditos ou enviados do demônio. Por outro lado, o fato de alimentarem práticas de quiromancia e adivinhação fez com que fossem repudiados pela Igreja Católica e pelas diferentes religiões cristãs. Na Europa, a perseguição aos ciganos não se fez esperar. O Estado, que viu no seu nomadismo uma ameaça social, mais propriamente através da Inquisição, desencadearam os seus mecanismos de perseguição. Os ciganos foram assim proibidos de usar os seus trajes típicos, cujas cores berrantes e gosto extravagante fugiam à norma social, de falar a sua língua, de viajar, de exercer os seus ofícios tradicionais ou até mesmo de se casar com pessoas do mesmo grupo étnico. Isto fez com que os traços fisionômicos doa ciganos se alterassem, e por isso não é hoje invulgar encontrar ciganos de olhos claros e cabelo louro. Em alguns países foram mesmo reduzidos à escravidão: na Romênia, os escravos ciganos só foram libertados em meados do séc. XIX. Em períodos mais recentes, juntamente com os judeus, prevê-se que talvez cerca de meio milhão tenha perecido no Holocausto nazi. Os seus cavalos foram mortos a tiro, os seus nomes alterados (daí que não seja invulgar encontrar ciganos com nomes dos gadje) e as suas mulheres foram esterilizadas. Os seus filhos foram brutalmente retirados às suas famílias e entregues a famílias não-ciganas. Esta prática foi vigente na Suíça até 1973. No entanto, e apesar destas chacinas e perseguições, o nº de ciganos vem aumentando. Estima-se que hoje existam entre 8 a 12 milhões de ciganos dispersos pela Europa, o que os torna a minoria mais populosa do continente europeu. É difícil determinar o nº exacto, pois há ainda muitos ciganos vivendo na ilegalidade e sem qualquer registo. Centenas de milhares de ciganos emigraram para o continente americano. Os ciganos, ao contrário dos judeus, nunca demonstraram um desejo de ter o seu próprio país, assumindo-se párias. Nas palavras de Ronald Lee, escritor cigano nascido no Canadá, "a pátria dos rom é onde estão os meus pés". No passado, os ciganos eram freqüentemente punidos com a deportação. Alguns chegaram à América do Norte como prisioneiros ou servos sobre contrato, pouco após o desembarque em Plymouth dos primeiros colonos ingleses em 1620. Foram expulsos da Inglaterra por força de várias leis, entre as quais a Lei para o Castigo de Malfeitores, Vagabundos e Mendigos Inveterados, do séc. XVI. Porém, a maioria dos ciganos que hoje vivem nos EUA - as estimativas variam de 75 mil a 1 milhão - veio da Europa Central e Leste Europeu. Após a Segunda Guerra Mundial, muitos ciganos das áreas rurais da Eslováquia foram forçados pelos governos a trabalhar nas fábricas da Morávia e da Boémia, as regiões centrais, mais industrializadas, do território checo. Porém, em 1989, com a Revolução de Veludo e o fim do comunismo no país, os ciganos foram os primeiros a perder os seus empregos, até então garantidos por um regime que pregava a igualdade e homogênea social. É verdade que existe uma pequena e assimilada elite intelectual cigana, mas a maioria dos ciganos da Europa Central ainda vivem em esquálidos cortiços das grandes cidades. Junte-se a isso as perspectivas econômicas sombrias, um surto de ataques neonazis e o fascínio que a prosperidade ocidental exerce e temos um panorama desolador da região do mundo que mais ciganos alberga. O resultado é que milhares de ciganos emigram para países ocidentais, onde trabalham ilegalmente, pedem esmola ou buscam asilo político. Alarmada, a União Européia reage reprimindo a imigração e restringindo tanto os ciganos como os gadje. É curioso revelar que, em países como a Romênia, Hungria, Eslováquia, República Checa, Polônia e Bulgária, dos requisitos para a integração da UE faz também parte o fim de medidas discriminatórias contra os ciganos. Ao pesquisar a origem de muitas palavras do idioma romani, delineia-se uma trilha geográfica que permite localizar os roms na Índia, há mil anos atrás. Uma teoria sugere que os roms saíram da Índia para fugir dos muçulmanos. Depois de atravessarem a Pérsia e viverem durante séculos no Império Bizantino, foram para norte no séc. XIV. Portugal foi um dos países que deportou muitos ciganos para as suas colônias, neste caso África e Brasil. No final do séc. XIX houve uma terceira migração de roms do leste Europeu para os EUA. Sem pátria, num mundo onde tudo muda a uma velocidade alucinante, o destino previsto para os roms é, muitas vezes, sombrio. Mas a história comprova que o grande talento deles foi conseguir sobreviver à hostilidade dos seus hospedeiros, sempre infinitamente mais poderosos. Para resistir aos golpes da animosidade e ao abraço forçado da assimilação, permaneceram fiéis ao espírito livre do seu povo.
Elisabete Coutinho

FONTE: 
.
.
Optchá
CEIÇA CIGANINHA
Taróloga 

4 - USOS e COSTUMES dos CIGANOS


USOS E COSTUMES DOS CIGANOS
Ao longo do tempo, após sua chegada à Europa, os ciganos foram acusados de toda espécie de crime pelas populações sedentárias, que não entendiam como um povo poderia viver com tanta liberdade, sem apego a uma terra determinada.
Além disso, da admiração inicial, fomentada, principalmente pelos líderes religiosos, iniciando-se pelo Arcebispo de Paris, quem primeiro ligou os ciganos à bruxaria, os ciganos passaram a ser vistos como verdadeiros inimigos da fé cristã, que contra eles lançou um processo sistemático de perseguição e destruição.
As lendas que ligam os ciganos aos sofrimentos da Sagrada Família, da morte das crianças em Belém, da traição de Judas e do roubo do quarto cravo foram criadas com o fim específico de jogar contra esse povo a ira cristã, já que essas lendas não resistem à mais superficial análise histórica, tratada com a seriedade com que foi elaborada apesquisa lingüística que determinou a origem desse povo.
Assim, além dessas lendas infames e destinadas a desacreditar os ciganos, outras acusações foram sendo acrescentadas. Bruxaria, feitiçaria, canibalismo e outras barbaridades foram atribuídas aos ciganos, enquanto eram sistemática e metodicamente perseguidos.
Esse comportamento ainda hoje persiste. Os ciganos ainda são relacionados a tudo de ruim que possa acontecer numa comunidade e sua chegada muitas vezes é motivo de reações até violentas da parte de cidadãos menos esclarecidos.
Associam-nos ainda a roubos, desastres naturais, como ventanias e tempestades, além de toda sorte de trapaças e falsificações.
Na raiz de tudo isso encontra-se o fato inegável de que ciganos e gadjos têm modos diferentes de encarar a vida. A ignorância é a principal causa desse tratamento dispensado pelos sedentários aos ciganos, pois não conseguem compreender esse estilo de vida.

Retirado do Livro: 
Ciganos, os filhos do vento (Lourivaldo Perez Baçan)

FONTE:  

3 - HORÓSCOPO "CIGANO"


HORÓSCOPO "CIGANO"


-
PUNHAL

(21/03 a 20/04)

Signo Zodiacal: Áries

Metal regente: Ferro

Perfume: Lavanda

Dia da Sorte: Terça-feira

Pedra: Jaspe Verde

Cor: Vermelho


SIMBOLOGIA - O Punhal é a imagem da luta e vontade de vencer. Representa honra, vitória e êxitos.

Os ciganos também usavam o punhal para abrir matas, sendo então, símbolo de superação e pioneirismo. A pessoa sob esta influência é uma pessoa irrequieta, firme e dona de si mesma. Ousada, tem uma personalidade forte e odeia ser subestimada. Quando isso ocorre, torna-se agressiva. Ama demais, é fiel e adora sexo. Não é econômica, mas sabe controlar o dinheiro. Se sai bem em esportes, artes marciais e cargos de chefia e liderança.

Cigano Protetor - WLADIMIR do ORIENTE.

________________


COROA

(21/04 a 20/05)

Signo Zodiacal: Touro

Metal regente: Cobre

Perfume: Rosa

Dia da Sorte: Sexta-feira

Pedras: Safira Azul e/ou Esmeralda

Cores: Verde claro e Rosa


SIMBOLOGIA - Relaciona-se ao ouro e a nobreza.

É símbolo de amor puro, força, poder e elegância, o que torna a pessoa desse elemento valorizada e importante. A pessoa sob esta influência luta pelo que quer, pois a estabilidade financeira lhe é fundamental. Nasceu para administrar e querer ser dona de seu próprio trabalho. É fiel no amor, sensível e não suporta que brinquem com seus sentimentos. Gosta das artes e tem grande criatividade para trabalhar nesse setor.

Cigano Protetor - RAMIRO.

________________


CANDEIAS

(21/05 a 20/06)

Signo Zodiacal: Gêmeos

Metal regente: Níquel

Perfume: Floral

Dia da Sorte: Quarta-feira

Pedras: Topázio e/ou Magnetita

Cores: Amarelo e Ocre


SIMBOLOGIA - Representa as luzes e a verdade, portanto a sabedoria e a clareza de idéias.

As candeias eram usadas para iluminar os acampamentos. Também simbolizam a esperteza e a vivacidade. A pessoa sob esta influência é comunicativa e tem uma inteligência brilhante, fazendo muitos amigos. Adora estudar e pesquisar, principalmente, o que se relaciona a ela mesma. É romântica e nunca desiste de uma conquista, mesmo que não se envolva por completo. Quando quer algo, consegue.

Cigana Protetora - CLARITA.

________________


RODA

(21/06 a 21/07)

Signo Zodiacal: Câncer

Metal regente: Prata

Perfume: Rosa

Dia da Sorte: Segunda-feira

Pedra: Esmeralda

Cores: Branco e Prateado


SIMBOLOGIA - Por representar o ir e vir e estar relacionada à Lua, pela sua forma arredondada, as pessoas regidas por esse signo tem urna forte ligação com as mulheres e gestantes em geral.

A emoção é a palavra que traduz seu jeito. A Roda move sua vida na alegria e na tristeza. É dócil e tranqüila, mas, quando se irrita, sai de baixo. É um pouco insegura e tem uma certa tendência à nostalgia. Ama com intensidade e sente muito ciúme.

Cigana Protetora - ESMERALDA.

________________


ESTRELA

(22/07 a 22/08)

Signo Zodiacal: Leão

Metal regente: Ouro

Perfume: Sândalo

Dia da Sorte: Domingo

Pedra: Rubi

Cores: Amarelo, Laranja e Dourado


SIMBOLOGIA - A Estrela cigana possui seis pontas, formando dois triângulos iguais, que indicam a igualdade entre o que está a cima e o que está a baixo.

Representa sucesso e evolução interior. A pessoa que nasce sob esta influência é otimista e alto astral, nasceu para brilhar. Curte a vida intensamente e tem um talento especial para atrair as pessoas. Vive rodeada de amigos, mas tem mania de querer que tudo seja como você deseja. Conseguirá ótimas oportunidades como atriz, dançarina, modelo, cantora, etc.

Cigana Protetora - YORDANA dos VENTOS.

________________


SINO

(23/08 a 22/09)

Signo Zodiacal: Virgem

Metal regente: Níquel

Perfume: Gardênia

Dia da Sorte: Quarta-feira

Pedras: Ágata e Turmalina

Cores: Azul marinho e Verde


SIMBOLOGIA - Exatidão e perfeição. Nos séculos passados, era usado como relógio, e os ciganos o associaram à pontualidade, à disciplina e à firmeza. A pessoa sob esta influência é bastante organizada, ambiciosa, que supera sempre suas próprias expectativas. Acha que a vida é para ser aproveitada nos mínimos detalhes, porém, com consciência e sem exageros. Muito inteligente, analisa e critica tudo o que está ao seu redor. Se sai bem trabalhando com administração.

Cigana Protetora - LETÍCIA del OURO.

________________


MOEDA

(23/09 a 22/10)

Signo Zodiacal: Libra

Metal regente: Cobre

Perfume: Alfazema

Pedra: Diamante rosa

Dia da Sorte: Sexta-feira

Cores: Rosa e Azul

SIMBOLOGIA - A moeda é associada ao equilíbrio e à justiça e relacionada à riqueza material e espiritual, que é representada pela cara e coroa.

Para os ciganos, cara é o ouro físico, e coroa, o espiritual. A pessoa sob esta influência é sensível, charmosa, vive de amores e sentimentos. Tem que estar apaixonada sempre. As atenções se voltam para você facilmente. Tem talentos artísticos e decorativos. Adora ajudar as pessoas e vive para isso. Razão pela qual está sempre cercada de amigos e companheiros.

Cigano Protetor - RUGERO MALVASQUEZ.

________________


ADAGA

(23/10 a 21/11)

Signo Zodiacal: Escorpião

Metal regente: Ferro

Perfume: Almíscar

Pedras: Opala e Topázio

Dia de Sorte: Terça-feira

Cores: Púrpura e Marrom

SIMBOLOGIA - A adaga é entregue ao cigano quando ele sai da adolescência e ingressa na vida adulta.

Por isso, é associada também à morte, ou seja, às mudanças necessárias que a vida nos oferece para crescermos. A pessoa sob esta influência tem um temperamento forte e enigmático, se torna irresistível e respeitada. Possui uma mente analítica, percebendo tudo o que está ao seu redor. Sempre procura se aprofundar no que está à sua volta, seja no amor ou no trabalho. Ama de maneira sensual e arrebatadora.

Cigano Protetor - URDELA.

________________


MACHADO

(22/11 a 21/12)

Signo Zodiacal: Sagitário

Metal regente: Estanho

Perfume: Jasmim

Pedras: Safira e Turquesa

Dia de Sorte: Quinta-feira

Cores: Púrpura e Violeta

SIMBOLOGIA - O machado é o destruidor de bloqueios e barreiras.

Ele simboliza a liberdade, pois rompe com todas os obstáculos que a natureza impõem. A pessoa sob esta influência tem a liberdade como a palavra que mais gosta de falar e curtir. Aventureira, jamais permanece parada em um só lugar. É como o vento, que tudo toca, em tudo está, mas em nada fica. Otimista, até as dores para você são sinais de alegria. Apaixona-se e se desapaixona facilmente. Se dá bem com trabalhos sem rotinas em que possa aprender sempre.

Cigana Protetora - ZORAYA de LOUVRARIA.

________________


FERRADURA

(22/12 a 20/01)

Signo Zodiacal: Capricórnio

Metal regente: Chumbo

Perfume: Cítrico

Pedras: Ônix e Quartzo

Dia de Sorte: Sábado

Cores: Preto, Cinza e Verde-escuro

SIMBOLOGIA - A ferradura representa o esforço e o trabalho.

Os ciganos têm a ferradura como um poderoso talismã, que atrai a boa sorte, a fortuna e afasta o azar. A pessoa sob esta influência tem seu bom senso, às vezes se torna séria demais. Tem, então, que se soltar um pouco mais. Raramente, confia em alguém. Busca amores estáveis e concretos. Pretende casar e ter filhos. É completamente familiar, ama os poucos amigos e se dedica à profissão.

Cigana Protetora - ROCHELE da BRÉSCIA.

________________


TAÇA

(21/01 a 19/02)

Signo Zodiacal: Aquário

Metal regente: Alumínio

Perfume: Canela

Pedra: Água marinha

Dia de Sorte: Sábado

Cores: Laranja e Marrom claro

SIMBOLOGIA - União e receptividade, pois qualquer líquido cabe nela e adquire sua forma.

Tanto que, no casamento cigano, os noivos tomam vinho em uma única taça, que representa valor e comunhão. A pessoa sob esta influência sente uma grande preocupação com os assuntos à sua volta. Inteligente, humana, inquieta, tem vários amigos sinceros. Original, está sempre inovando. Vive atrás da felicidade. No amor, aprecia a sinceridade e a fidelidade.

Cigana Protetora - CIGANA da PRAIA YAJURI.

________________


CAPELA

(20/02 a 20/03)

Signo Zodiacal: Peixes

Metal regente: Platina

Perfume: Glicínia

Pedra: Ametista

Dia de Sorte: Quinta-feira

Cores: Violeta e Azul

SIMBOLOGIA - Representa o grande Deus. É sinal de religiosidade e fé.

É o local em que todos entram em contato com seu Deus interno e desperta a força e o amor. A pessoa sob esta influência é emotiva, sensível, leal, justa, espiritualizada e sonhadora, é o próprio amor encamado. Tem muita força espiritual e dons para a clarividência. Ama cegamente e, às vezes, se desilude. É romântica e carinhosa. Quanto ao trabalho, gosta de tudo o que se relaciona a ajudar ao próximo.

Ciganos Protetores - TIZIANO VESQUILAZ e ZANDRA VESQUILAZ.

FONTE:
http://www.blogger.com/out/url=http%3A%2F%2Fwww.angelfire.com
.
.
Optchá
CEIÇA CIGANINHA

2 - ORAÇÃO A SANTA SARA KALI nº 2


SANTA SARA KALI
(Protetora do povo Cigano)


ORAÇÃO A SANTA SARA KALI


Salve Rainha Sarah.
Salve sua formosura.
Que a tua magia se faça sempre presente na minha vida
e na de todos aqueles que estiverem sob o meu teto.
Quando estiveres no caminho de tuas vibrações maiores,
não te esqueças dessa humilde criatura cujo caminho é
árduo de sofrimento e provocações.
Salve tua harmonia que tanta falta nos faz neste mundo
de tempestades e tormentas.
Que os teus sete ciganos cavaleiros andantes possam
com tua permissão, favorecer todos os que deles precisarem.
Rainha e Senhora dos grandes segredos, dos grandes mis-
térios, não nos deixe caminhar sem tua proteção, sem os
teus cuidados.
Onde começa a tua ternura é onde avança a nossa esperança.

Salve o Povo Cigano.
Salve SANTA SARAH KALI!
A.D.



ORAÇÃO PARA SANTA SARA KALI

Em Romani/Romanês

Manglimos Katar e Santa Sara Kali Tu Ke San Pervo Icana
Romli Anelumia Tu Ke Biladiato Le Gajie Anassogodi
Guindiças Tu Ke daradiato Le Gajie, Tai Chudiato Anemaria
Thie Meres Bi Paiesco Tai Bocotar Janes So Si e Dar, E Bock,
Thai O Duck Ano Ilô Thiena Mekes Murre Dusmaia Thie
Açal Mandar Thai Thie Bilavelma Thie Aves Murri Dukata
Angral O Dhiel Thie Dhiesma Bar, Sastimôs Thai Thie Blagois
Murrô Traio Thie Diel O Dhiel.


Em Português

Tu que és a única Santa Cigana do Mundo. Tu que sofrestes
todas as formas de humilhação e preconceitos. Tu que fostes
amedrontada e jogada ao mar. Para que morresses de sede e
de fome. Tu sabes o que é o medo, a fome, a mágoa e a dor
no coração. Não permitas que meus inimigos zombem de mim
ou me maltratem. Que Tu sejas minha advogada perante à Deus.
Que Tu me concedas sorte, saúde e que abençoe a minha vida.
AMÉM.

Esse barco teria miraculosamente apostado numa praia próxima
a foz do RIO PETIT-RHÔNE, onde hoje se encontra a igreja de
SAINTES-MAIES-DE-LA-MER ( Santa Marias Vindas do Mar),
um lugar de peregrinação e de culto para Santa Sara Kali, que
foi quem converteu os ciganos para o Cristianismo.
Das Marias, a história não guarda vestígios ou mesmo seus
destinos, mas quanto a Sara, dizem que ela foi cuidada pelo
povo cigano e o ajudou a tornar-se unido e a desenvolver-se
como povo e como cultura.
A.D.

(Comemora-se o dia de Santa Sara em: 24 e 25 de Maio)



Salve todo Povo Cigano!
Salve SANTA SARA KALI

.
.
Optchá
CEIÇA CIGANINHA

1 - ORAÇÃO A SANTA SARA KALI nº 1




ORAÇÃO À SANTA SARA 
 
Conheça O Poder Da Protetora Do Povo Cigano !!!
SANTA SARA

SARA, SARA, SARA, fostes escrava de José de Arimatéia,
no mar fostes abandonada (pedir para que nada nos abandone: amor, saúde, dinheiro, felicidade...)
teus milagres no mar sucederam e como santa te tornastes,
a beira do mar chegastes e o "CIGANOS" te acolheram,
SARA, Rainha, Mãe dos Ciganos ajudaste
e a ti eles consagraram como sua protetora e mãe vinda das águas.

SARA mãe dos aflitos,
a ti imploro proteção para o meu corpo,
luz para meus olhos enxergarem até no escuro (pedir força para os seus olhos, vidência),
luz para o meu espírito e
amor para todos os meus irmãos: brancos, negros, mulatos,
enfim a todos os que me cercam.
Aos pés de Maria Santíssima, tu, SARA
me colocarás e a todos os que me cercam
para que possamos vencer as agruras que a terra nos oferece.

SARA, SARA, SARA,
não sentirei dores nem tremores,
espíritos perdidos não me encontrarão
e assim como conseguistes o milagre do mar,
a todos que me desejarem mal,
tu com as águas me fará vencer (quando a pessoa não está bem e querendo resolver algo muito importante beber três goles de água).

SARA, SARA, SARA,
não sentirei dores nem tremores,
continuarei caminhando sem para assim
como as caravanas passam, no meu interior tudo passará
e a união comigo ficará e,
sentirei o perfume das caravanas que passam
deixando o rastro de alegria e felicidade,
teus ensinamentos deixarás.

Amai-nos SARA,
para que eu possa ajudar a todos que me procurem,
ajudados pelos poderes de nossos irmãos Ciganos,
serei alegre e compreensivo(a) com todos os que me cercam.

Corre no Céu, corre na Terra, corre no Mundo e
SARA, SARA, SARA estará sempre na minha frente,
sempre atrás, do lado esquerdo, do lado direito.

E assim dizemos:
somos protegidos pelos Ciganos e pela SARA
que me ensinará a caminhar e perdoar.
Reze 3 Ave Marias
(1a para SARA, 2a para os Ciganos e a 3a para você).

.
.
Optchá
CEIÇA CIGANINHA
Taróloga